sábado, fevereiro 14

"Barriga"

Há controvérsias sobre a história da agressão da brasileira. Muitas. Agora parece que o pai não pode confirmar a gravidez. E a mídia suíça critica o governo brasileiro e a imprensa local por assumir como fato a versão da mulher.

Tem mais discussão sobre o caso no Observatório da Imprensa.

Se a brasileira for pirada mesmo, muita gente vai ter que se desculpar. Eu, inclusive.

Um comentário:

Danni disse...

eu tbm!! :)