terça-feira, julho 15

19 mil

Essa é digna de grande reportagem: um ex-morador de rua de Recife passou em concurso público para o Banco do Brasil. Isso deve ser quase tão inusitado quanto ganhar na Mega-Sena acumulada. O detalhe é que ele estudou sozinho em uma biblioteca pública e conseguiu a façanha de superar 19 mil concorrentes.

Não é de hoje que me chama a atenção a vida de quem mora na rua. Vagabundos? Excluídos? Invisíveis na paisagem das cidades? Ameaças ao nosso modo de vida?

Não sei. Sei que muitas vezes tenho medo e que é mais fácil pensar que eles não existem.

Lembrei do rosto de um morador de rua por quem eu passava sempre que voltava a pé pela Independência pra casa, em Porto Alegre. Ele devorava, até o último raio de sol, os pedaços de jornais e revistas achados na rua e me fazia pensar: qual é o mundo lido por esse sujeito?

O mundo do Ubirajara agora tem uma carteira assinada com o cargo de escriturário. Ele ganhou nome, cara, voz, uma casa onde morar e até quase três minutos do Jornal Hoje. Um mundo em que milagres existem.

6 comentários:

Aninha Bitten disse...

mais uma situação que comprova a célebre fras da minha mãe: "quem quer dá um jeito, quem não quer, dá uma desculpa". bjo lili.

Liliane disse...

Bah, Aninha, como eu queria acreditar na frase da tua mãe. Mas acho que pra muita gente a falta de jeito não é desculpa...
Que bom te ver por aqui ;)
Beijos.

Bianca Zasso disse...

Eu tb fico pensando qual será o mundo lido por essas pessoas...sou sempre tocada por elas...e uma das muitas coisas que intrigam meu coraçãozinho tosco...Bjus da Bia

L. Arnaldo disse...

Professora, isso acontece muito de colocarmos "embaixo do tapete" as situações cotidianas que nos incomodam. Mas ai me vem ao pensamento o meu papel como futuro jornalista, mostrar o que foi escondido para que as pessoas não esqueçam, opinem e reflitam. Abraço e até agosto.

Larissa disse...

Olá professora...
Quero dar-lhe os parabéns pele belo blog...
Essa história é emocionante e é bom ver que é verdade que a força de vontade, dá chance a mais humilde das pessoas!!!
beiju, profi...

Lalinha disse...

Olá professora...
Quero dar-lhe os parabéns pele belo blog...
Essa história é emocionante e é bom ver que é verdade que a força de vontade, dá chance a mais humilde das pessoas!!!